quarta-feira, 9 de março de 2011

São Romão; fotos relativas à 1ª gravação de imagens, para o doc 02/2010, na Têxtil Manuel Carvalho e à recente visita a São Romão.


















6 comentários:

LS disse...

Fotos fabulosas. É engraçado que quando chegamos a algum sitio para recolher imagens, eu no video e o Nuno na camera fotográfica, apesar de irmos os dois, por vezes nem damos conta onde anda cada um. Cada um segue o seu caminho e recolhe as imagens a seu belo prazer e por vezes nem nos damos conta no local de certos pormenores e posteriormente ao vermos o video e as fotos existe uma complementariedade enorme. Estas fotos são mais um exemplo disso.

Pinhas disse...

O que o Luís diz é verdade. Quando vejo os pequenos excertos que ele publica (vídeo), fico admirado com alguns pormenores ou imagens, apesar de muitas vezes estar ao lado do Luís e ouvir ao vivo e a cores o que está a ser gravado.
Neste caso, as nossas máquinas, complementam-se. Ele tira fotografias, com a câmara de vídeo e eu com a minha máquina fotográfica.
Por isso mesmo, ele é muito mais rápido a tirar fotos...

Anónimo disse...

Conheço essa fantástica fábrica como as palmas da minha mãos, pena é que os actuais proprietários não tenham a visão (para além de outras questões) para lhe darem outro uso ao invés de a deixarem ao abandono...

Pinhas disse...

Anónimo, agradecemos a sua visita. Posso dizer-lhe que o meu Pai, trabalhou nesta mesma fábrica, cerca de 40 anos, até ao seu encerramento. Pode vê-lo numa das fotos, de frente.
Continue a seguir-nos...

Anónimo disse...

Conheço o seu Pai...

Sigo o Vosso blog quase diariamente à espera de novas fotos...sou um apaixonado pela industria textil...em especial por esta unidade fabril, onde não trabalhei mas que conheço mutio bem...

Aguardo o Vosso trabalho final...uma sugestão, aproveitem a Fábrica do Camelo que será a mais antiga em actividade, embora eu não a conheça deve ter mno interior pormenosres bem interessantes...

Mais um caso de falta de apçroveitamento...essa unidade poderia ser um museu vivo, porque tem condições ideais para isso...Enfim...

Pinhas disse...

Já tem mais fotos da Covilhã.
Temos que lá voltar.
Sabe que não fácil, escolher o que apresentar e onde ir, infelizmente temos muitas fábricas abandonadas. Posso dizer-lhe que já temos mais de 7 horas de gravação, para 52 minutos de doc. E falta ainda fazer duas entrevistas, ir novamente à Covilhã e Manteigas, a tosquia deste fim-de-semana.
Com calma, "reduzir" tudo a 52 minutos!
Continue a seguir-nos...